Postagens populares

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Luciano Marcos - Amazônia de Repente

Pessoal, utilizarei este espaço para divulgar uma obra do autor de Cordel Luciano Marcos que vende suas obras em um ônibus a um real. Já encontrei com ele (2) duas vezes, quando ia para o curso e foi interessante porque da primeira vez ele só declamou seus versos. Na segunda vez, ele declamou e já tinha obra impressa para vender. Bacana, ver as pessoas progredindo. Quem quiser manter contato com o nosso artista, basta acessar este e-mail, bagabagum@hotmail.com
Devorando Minha Raiz

Amazonas, pele de cor marrom às vezes tua temperatura altera e ficas pré-aquecidas, mas, o melhor de tudo e quando olho para os teus lábios se te vejo umedecida, fértil e escorregadia, preparada para devorar minha raiz.

Vocês hão de convir comigo que, o estilo do artista é meio apimentado, sendo em determinados períodos do trecho direto demais. Autores têm dessa, às vezes são diretos outras não. Mas o importante e passar o máximo de emoções através das palavras. Lembro-me que li um poema do Carlos Drummond de Andrade que fala sobre ofício das meretrizes e era bem direto... Esse poema é raro... Mas vou procura e logo estarei colocando para vocês observem.

Um comentário:

Anônimo disse...

Hoje tive a alegria de encontrar o nosso amigo poeta amazonense vendendo suas poesias em um ônibus no centro d Taguatinga - DF. Mas uma pena que ele estava alcoolizado, e mal conseguia declamar seus maravilhosos poemas,
fica o "puxão de orelha" à todos nós por não saber valorizar o que o Brasil realmente tem de bom. Se uma pessoa que não teve a educação adequada consegue refletir sobre a sociedade de tal forma e expressar em poesia, imaginemos o que poderia fazer se tivesse acesso à educação e oportunidades ...

Compartilhe!