Postagens populares

sábado, 7 de maio de 2016

5 Questões de concurso público sobre Direitos e Princípios Fundamentais

Q.1
Certa
O pluralismo político traduz a liberdade de convicção filosófica e política, assegurando aos indivíduos, além do engajamento pluripartidário, o direito de manifestação de forma apartidária.
Q.2
Certa
A historicidade, como característica dos direitos fundamentais, proclama que seu conteúdo se modifica e se desenvolve de acordo com o lugar e o tempo. Por isso, os direitos fundamentais podem surgir e se transformar.
Q.3
Certa
O direito fundamental à honra se estende às pessoas jurídicas                                     
Dica: Essa é uma informação que passa desapercebido de muitos estudiosos do Direito!
Q.4
Errado
Constituem fundamentos da República Federativa do Brasil a dignidade da pessoa humana, a independência nacional e a igualdade entre as nações.
 Q.5
Errado
A dignidade da pessoa humana, princípio fundamental da República Federativa do Brasil, promove o direito à vida digna em sociedade, em prol do bem comum, fazendo prevalecer o interesse coletivo em detrimento do direito individual

Explicação: Os fundamentos da República Federativa do Brasil estão previsto no artigo 1º da CF é são os seguintes: a soberania; a cidadania;  a dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político.


Dica: Os artigos 1º e 4º são exigidos em demasia nas provas decorar o que está contido em um deles. Duas questões, Duas prova diferentes que é uma matéria que se repete


Fundamentos da República Federativa do Brasil – Art.1º
Princípios da República Federativa do Brasil  - Art.4º
Soberania
Independência nacional;
Cidadania
Prevalência dos Direitos Humanos
Dignidade da Pessoa Humana
Autodeterminação dos Povos
Não-intervenção
Defesa da paz
Valores sociais do trabalho e da livre iniciativa
Solução pacífica dos conflitos
Repúdio ao Terrorismo e ao Racismo
Pluralismo Político
Cooperação entre os povos para o progresso da humanidade
Concessão de Asilo Político.


Nenhum comentário:

Compartilhe!